quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

RECONHECER A LUZ QUANDO ELA APARECE

Estrelas estão no céu para todo mundo ver. Mas os magos que celebramos hoje, souberam interpretar a luz, discernir o seu significado. Nossa vida está cheia de "estrelas", recados de Deus para nos conduzir nos caminhos da liberdade integral, nossa e de todos os irmãos. Uma estrela no céu não é um fato extraordinário, é coisa de todo dia. Mas, como diz o povo, "para quem sabe ler, um pingo é letra". Peçamos aos Espírito Santo que nos ajude a "ler" os sinais de Deus no cotidiano: no jornal, em casa, na Igreja, na rua, na vida da comunidade e, especialmente, nas necessidades daqueles que sofrem. É seguindo essas estrelas que, como os magos, encontraremos Jesus.
Portanto, os magos representam aqueles que andam à procura da luz de Deus e são capazes de se desinstalar na sinceridade dessa busca.
Não basta saber quem é Jesus; é preciso ir ao encontro dele com açãoes concretas, reconhecendo sua presença na vida concreta de nossos irmãos.
Os fatos da vida são estrelas que podem nos levar a Jesus; é preciso estar atentos e saber enternder o que essas estrelas nos dizem.

 E VIVA OS SANTOS REIS!!! 


Agora!! Chega aqui, deixa eu contar um segredinho:
Eu, quando criança, morria de medo daquele povo vestido com roupas coloridas e brilhantes,  com aqueles chapéus esquisitos, aquele batuque horrível.
Morava na roça, e mais parecia um bichinho do mato, e nessa época, era costume, um bando deles, nos visitarem...
Achava aquilo tudo muito estranho e não gostava nadinha de como eles cantavam... Lembro-me, que meu pai sempre doava alguma coisa à eles... Cá entre nós...sempre achei que fossem ciganos e morria de medo, porque escutávamos que ciganos roubava crianças... srrsrsrs
Então vou colocar uma música dos santos Reis, mas num tom bem diferente do que ouvia naquela época...E isso não é trauma, é pavor mesmo!!!!


2 comentários:

  1. Amiga, tem selinho pra você lá no meu blog! Beijosss Silvanety

    ResponderExcluir
  2. Glícia souto Pimenta8 de janeiro de 2011 18:51

    Oi!
    Tudo bem por aí?
    Olha,eu tbm morei na roça e tinha tbm muito medo das folias de Reis.Qdo eles iam nos visitar eu corria e ficava atrás do casarão até que eles fossem embora. Pena que essa cultura como tantas outras esteja acabando. Vamos sentir saudades...
    Bjs!
    Glícia - Passos/MG

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre muito importante!
Não conseguiu comentar?? Calma, não saia ainda, escolha e opção ANÔNIMO e não esqueça de se identificar no final de sua mensagem!
Viu só, que fácil! Volte sempre!