quinta-feira, 12 de abril de 2012

Deus é simples...

Cada pessoa tem uma maneira de expressar aquilo que trás no coração. Muitos fazem isso através da escrita. Sabemos que a palavra escrita é complicada e nem sempre é de fácil entendimento.
Nos identificamos com os escritores que falam a nossa língua,  que escolhendo palavras acessíveis, facilitam a extração da essência de um texto. No âmbito da evangelização, porque complicar, se podemos simplificar. Deus é simples. A sabedoria está em fazer-se entender.

Direciono vocês para um texto, no qual podemos usar na catequese e também em nossa família...

Veja a seguir...




PAIS QUE AMAM DEMAIS

"Pais que amam demais a um filho forçosamente acabam amando de menos os outros. No Livro do Gênesis, do capítulo 37 aos 50 há uma historia triste, mas bonita porque acabou em reconciliação. Tem tudo a ver com a vida em família. Debrucemo-nos sobre ela."
Pe Zezinho 

3 comentários:

  1. Elizete Gymenes - São Joaquim da Barra12 de abril de 2012 15:53

    Boa tarde! minha querida.
    Linda esta historia, mas nem sempre a historia acaba bem como a de José, na maioria das vezes quando os pais pecam por amar demasiadamente um filho e desprezar outro(s), a história acaba em magoas, ressentimento, falta de perdão, e uma série de consequências que esta criança leva para a vida adulta.
    Uma criança sem amor, respeito e apoio dos pais certamente será um adulto indiferente ao seu proxímo e cheio de carências, e que muitas vezes busca saciar esta carência em coisas que o mundo oferece, e o que o mundo oferece sempre esta muito distante das promessas que Deus tem para nós.
    Que nos possamos rezar por estas crianças e pais, que elas possam sentir o imenso amor que o nosso Pai Celastial tem por cada uma delas, e que os pais possam amá-las com a mesma intesidade e sem fazer diferenças, mesmo diante das diferenças que cada uma delas tem, com seus defeitos, fraquesas etc...
    Por que só sendo pai ou mãe para saber como filhos se diferem um do outro, mesmo sendo criados e educados juntos, eles tem personalidades e escolhas muito diferentes, cabe aos pais ama-los e educa-los e mostrar os caminhos que os leva a verdadeira felicidade, que só encontramos junto a Jesus.

    ResponderExcluir
  2. Elizete- São Joaquim da Barra12 de abril de 2012 16:48

    Recebi e estou repassando, as vezes eles vem para catequese exatamente assim.
    PAI E MÃE EXPLICANDO A PÁSCOA AO FILHO
    - Papai, o que é Páscoa?
    - Ora, Páscoa é... bem... é uma festa religiosa!
    - Igual ao Natal?
    - É parecido. Só que no Natal comemora-se o nascimento de Jesus, e na Páscoa, se não me engano, comemora-se a sua ressureição.
    - Ressurreição?
    - É, ressurreição. Maaaaartaaa, vem cá !
    - Sim...
    - Explica pra esse garoto o que é ressurreição prá eu poder ler o meu jornal.
    - Bom, meu filho, ressurreição é tornar a viver após ter morrido. Foi o que aconteceu com Jesus, três dias depois de ter sido crucificado. Ele ressuscitou e subiu aos céus. Entendeu ?
    - Mais ou menos... Mamãe, Jesus era um coelho?
    - O que é isso menino? Não me fale uma bobagem dessas! Coelho! Jesus Cristo é o Papai do Céu ! Nem parece que esse menino foi batizado! Jorge, esse menino não pode crescer desse jeito, sem ir numa missa pelo menos aos domingos. Até parece que não lhe demos uma educação cristã !
    Já pensou se ele solta uma besteira dessas na escola? Deus me perdoe ! Amanhã mesmo vou matricular esse moleque no catecismo!
    - Mamãe, mas o Papai do Céu não é Deus ?
    - É filho, Jesus e Deus são a mesma coisa. Você vai estudar isso no catecismo. É a Trindade. Deus é Pai, Filho e Espírito Santo.
    - O Espírito Santo também é Deus?
    - É sim.
    - E Minas Gerais?
    - Sacrilégio!!!
    - É por isso que a ilha de Trindade fica perto do Espírito Santo?
    - Não é o Estado do Espírito Santo que compõe a Trindade, meu filho, é o Espírito Santo de Deus. É um negócio meio complicado, nem a mamãe entende direito. Mas se você perguntar no catecismo a professora explica tudinho!
    - Bom, se Jesus não é um coelho, quem é o coelho da Pásco a ?
    - Eu sei lá ! É uma tradição. É igual a Papai Noel, só que ao invés de presente ele traz ovinhos.
    - Coelho bota ovo ?
    - Chega ! Deixa eu ir fazer o almoço que eu ganho mais !
    - Papai, não era melhor que fosse galinha da Páscoa ?
    - Era... era melhor, sim... ou então urubu.
    - Papai, Jesus nasceu no dia 25 de dezembro, né ? Que dia ele morreu ?
    - Isso eu sei: na Sexta-feira Santa.
    - Que dia e que mês?
    - (???)
    Sabe que eu nunca pensei nisso ? Eu só aprendi que ele morreu na Sexta-feira Santa e ressucitou três dias depois, no Sábado de Aleluia.
    -Um dia depois!?
    -Não três dias depois.
    -Então ele morreu na Quarta-feira.
    - Não, morreu na Sexta-feira Santa... ou terá sido na Quarta-feira de Cinzas ? Ah, garoto, vê se não me confunde ! Morreu na Sexta mesmo e ressuscitou no sábado, três dias depois!
    - Como ?
    - Pergunte à sua professora de catecismo!
    - Papai, porque amarraram um monte de bonecos de pano lá na rua ?
    - É que hoje é Sabado de Aleluia, e o pessoal vai fazer a malhação do Judas. Judas foi o apóstolo que traiu Jesus.
    - O Judas traiu Jesus no Sábado ?
    - Claro que não, né ! Se Jesus morreu na Sexta !!!
    - Então por que eles não malham o Judas no dia certo ?
    - Ai...
    - Papai, qual era o sobrenome de Jesus?
    - Cristo. Jesus Cristo.
    - Só ?
    - Que eu saiba sim, por quê?
    - Não sei não, mas tenho um palpite de que o nome dele era Jesus Cristo Coelho. Só assim esse negócio de coelho da Páscoa faz sentido, não acha?
    - Ah, coitada!
    - Coitada de quem?
    - Da sua professora de catecismo!

    ResponderExcluir
  3. Oi Imaculada!! Saudades de ti...
    Esse texto me fez lembrar um texto muito interessante sobre "as mães más", não sei se vc conhece. Parece que aquele texto foi feito pra mim e meus irmãos, pois graças a Deus, tivemos uma mãe má, igual a do texto. Nesse link tem o texto
    www.meu.cantinho.nom.br/mensagens/maes_mas.asp
    beijos...

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre muito importante!
Não conseguiu comentar?? Calma, não saia ainda, escolha e opção ANÔNIMO e não esqueça de se identificar no final de sua mensagem!
Viu só, que fácil! Volte sempre!