sábado, 31 de agosto de 2013

Dicas para um encontro MISTAGÓGICO!!

Temos várias maneiras de introduzir nossos catequizandos ao mistério...

O catequista MISTAGOGO, aquele que introduz ao mistério, EXPLORA, usa de todas as linguagens, como foi abordado por aqui recentemente... Símbolos, sinais é muitas vezes a ponte que conduz ao mistério... Outras vezes, a  travessia acontece num momento de profundo silêncio, pois é no silêncio que escutamos a Deus... É quando nos afastamos dos ruídos externos e internos, que conseguimos sentir o cheiro de Deus, seu respirar, seu calor, sua presença, seu hálito...

Nesse mundo frenético, o silêncio é cada vez mais escasso, temos pressa... Então, num encontro, temos que usar de tudo um pouco,  uma música tem grande poder de  aproximação com o  sagrado... (um canto que case com o tema a ser trabalhado)

Levá-los a experimentar a oração. Repetimos com frequência que a oração é um diálogo com Deus. Muito mais que falar, o catequista mistagogo, favorece, cria um ambiente para que esse diálogo aconteça. 

Ao preparar um encontro, após ter estudado, orado, ruminado, é hora de pensar na maneira, qual a metodologia que será usada para transmitir a mensagem daquele encontro/tema...

Vejamos! Aqui, o encontro em questão foi: JESUS ACALMA O MAR - nos livra do medo. MC 4,35-41. A ambientação foi elaborado por Rosicler Bote, catequista mistagoga, na cidade de São José do Rio Preto-SP. Vendo as imagens, e falando com ela, tento descrever como teria acontecido esse encontro. 


Antes de qualquer palavra, o catequizando ao chegar, percebe que tudo foi preparado... e que aquele ambiente quer dizer alguma coisa... 
"Vê" a estante da Palavra, vela, que já sabe que representa a luz de Cristo ressuscitado em nosso meio, uma imagem que já sabe também ser o assunto do tema do dia,  um tecido escuro com algumas palavras... Que palavras são essas? O que elas querem dizer? 
Curiosidade atiçada! Percebam a expressão desse garoto!  Ele vê que tem algo mais, algo escondido... O que será?



Hora de entrar em cena, a protagonista, a  Palavra de Deus, com uma musica de aclamação...






A catequista mistagoga, vai aos poucos, revelando, introduzindo seus catequizandos ao mistério, com muita unção... Enquanto ilumina com a Palavra, vai desvendando o que estava escondido... Aquelas palavras representando as tempestades em nossas vidas, vai tomando nova cor, um rio (tecido azul) que nasce da fonte (Palavra de Deus), que vem transformar toda situação de morte, de medo em luz, esperança...

Isso tudo é feito com muita LEVEZA...

E o mesmo catequizando, atento à tudo, porque está sendo surpreendido a cada instante...



E ainda tem gesto concreto... confeccionar um barco e nele colocar as seguintes frases: Jesus é Paz; Não tenhas medo, Deus está contigo


Esse barco não ficará com o catequizando, mas deverá ser entregue para uma pessoa, que de preferência esteja passando por esse mar agitado, precisando da presença DAQUELE que tem o poder de acalmar as tempestades.

Sugestão de música
Põe tua mão na mão do meu Senhor da Galileia
Põe tua mão na mão do meu Senhor, que acalma o mar
Meu Jesus que cuida de mim
noite e dia sem cessar
põe tua mão na mão do meu Senhor
Que acalma o mar

Viu só, como ser um(a) catequista, MISTAGOGA(A)  não é tão difícil quanto parece!

Encontros assim, cabe em qualquer etapa/idade...

*A Rosicler disponibilizou  mais detalhes desse encontro, quem precisar, peça-me por email (iccintra@hotmail.com)... A intenção com essa partilha é dar dicas, levá-los a criar, querer fazer encontros diferentes... COM GOSTINHO, de quero mais!!

Manual usado para esse encontro: Catequese com Leitura orante -  A MESA DO PÃO DE LEOMAR A. BRUSTOLIN

Rosicler, obrigada por permitir partilhar esse encontro...
Parabéns e que vocês, continuem sendo luz pra todos nós!

Um comentário:

  1. Imaculada, fiquei ainda mais ansiosa para receber meu livro (fiquei com aquele sobre Mistagogia, não foi?)!! Nunca participei de nenhuma formação sobre o assunto, vai ser muuuuuito útil.
    Diante de nossas dificuldades, Deus sempre nos mostra um caminho, não é mesmo?
    O curso bíblico EAD das Paulinas, de que lhe falei, por exemplo, veio bem a calhar. Queira Deus que mais oportunidades dessas nos sejam oferecidas.
    Beijo grande!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre muito importante!
Não conseguiu comentar?? Calma, não saia ainda, escolha e opção ANÔNIMO e não esqueça de se identificar no final de sua mensagem!
Viu só, que fácil! Volte sempre!