sexta-feira, 7 de junho de 2013

Amei e indico à vocês!


Perdi o sono nessa madrugada... o procurei por muito tempo... rola pra cá, rola pra lá e nada do sono vir... e quando isso acontece, me levanto e busco alguma coisa pra ler em minha biblioteca catequética... Foi então, que lembrei-me de um livro que comprei na semana passada, por indicação de um amigo... Comecei a leitura por volta das 05h20... Terminei de ler o livro todo, por volta das 09h15... Leitura lenta, um livro com 110 pgs... Só parei para um cafezinho e para esperar os olhos desembaçarem, por conta da lágrimas...


Por mais que eu goste de ler, quase nunca consigo ler um livro numa sentada... Esse consegui, fui literalmente puxada pra dentro dele, e ai de quem ousasse me tirar dali... Agora que terminei e louca pra passar pra vcs as coisas que li, venho indicar que adquiram o livro que me conquistou desde a madrugada... Valeu a pena perder o sono.. e talvez, fosse necessário isso acontecer, para que eu me dedicasse à leitura no silêncio do dia que ainda adormecia...

Deixe de comprar algo supérfluo e por 15,00, compre um pra vc (se não me falha a memória, foi isso que paguei...)

O KERIGMA - Nas favelas com os pobres - uma experiência de nova Evangelização: a missão ad gentes - de Kiko Arguello - Editora Vozes

Não sabe fazer o Kerigma??leia, releia e aprenderá...


Veja que lindo essa parte do livro. Hoje dia do Sagrado Coração de Jesus, vejo que é isso que ele espera que ofereçamos...



Repito o que se conta de São Jerônimo. Ele era natural da Dalmácia. Tinha um gênio muito ruim. No final de sua vida foi morar numa gruta e, vendo que tinha que comparecer diante do julgamento de Deus, batia no peito com uma pedra e dizia:
"Pecador, pecador! Bate-me, que sou um pecador!"
Conta-se, pois, que certa vez Cristo lhe apareceu e lhe disse:
"Jerônimo, o que podes me dar?"
E ele:
'Senhor, o que queres que eu te dê? Dou-te o meu amor!"
E Cristo permaneceu calado. De novo Cristo lhe perguntou:
"Jerônimo, o que podes me dar?"
E ele:
"Meus jejuns, meus sacrifícios. Por ti, passo noite e dia escrutando as Escrituras e choro meus pecados"
E Cristo de novo:
"Jerônimo, o que podes me dar?"
Jerônimo não entendia nada. Ao final, Cristo lhe disse:
"Jerônimo, dá-me os teus pecados!" (página 101)

Um comentário:

  1. Ganhei esse livro na JMJ e estou lendo agora, rs.
    Beijãoooo
    Clécia

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre muito importante!
Não conseguiu comentar?? Calma, não saia ainda, escolha e opção ANÔNIMO e não esqueça de se identificar no final de sua mensagem!
Viu só, que fácil! Volte sempre!