quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Primeiro encontro 2011

Nosso primeiro encontro, pós férias, depois de ouvir o que fizeram de bom, como foi a volta às aulas, fizemos a dinâmica de acolhida, publicada dias atrás, depois uma introdução sobre leitura orante. Usei do parágrafo abaixo para orientar como deve ser nossa postura diante da Palavra de Deus, como nos comportar na liturgia durante a missa e sobre os diversos meios de comunicação usados para propagar a Boa nova. Vimos sobre os passos da leitura orante, como se mostra nas figuras. E para exercitarem em casa, passei a passagem bíblica: Isaías 43, 1-4. No próximo encontro, quero ver se conseguiram fazer a leitura orante.
Terminamos com a seguinte dinâmica, adaptada para o meu grupo:

- Preparei uma caixa de presente bem bonita, dentro coloquei um pirulito daqueles "tapa na cara" com uma mensagem de boas vindas anexada. Coloquei também um pacote com um embrulho especial, contendo um terço e alguns chocolates.
- Expliquei que quem ficasse com aquele presente, teria que cumprir uma tarefa na frente de todos. (nesse momento você  criaum clima de suspense, dizendo que não é uma tarefa tão simples e  que se fosse eu pensaria duas vezes) Tensão criada, vamos para o próximo passo.
- Escolhi três catequizandos, cada um deveria falar um numero de 01 a 14, que é total dos participantes. Por exemplo, os números escolhidos foram: 13,3 e 1. Alguém toma nota desses números.
- O catequizando que começa com o presente, conta a partir dele, 13 catequizandos e passa a ele o presente. Esse, em seguida, conta três catequizandos,  passa o presente, o terceiro catequizando conta mais um e passa o presente.
-Esse que ficou com presente fica desesperado, é visível a expressão de medo, insegurança. No que dou uma chance a ele: ou fica com o presente e cumpre a tarefa, ou escolhe um número e passe pra frente o seu presente. O escolhido deverá cumprir à risca a tarefa.
- Momentos de tensão, indecisão, é pegar ou largar.
- No nosso caso, a catequizanda, decide cumprir a tarefa, mesmo com medo, logo se arrepende e quer passar pra frente, mas pensa no presente que vai perder,  num momento de coragem decide encarar e cumprir a tarefa.
-Abre a caixa, e vê que lá dentro só tem presentes, não tem nada de tarefa para cumprir. Se alegra, abre seu presente para que todos vejam.
Inventei uma tarefa, pedi que distribuisse a cada um como boas vindas, um pirulito com a mensagem.

** Essa dinâmica, podemos usar no grupo de catequistas, lideranças, para mostrar que esse presente são os chamados de Deus na nossa vida, que nem sempre o recebemos com alegria, arrumamos logo um jeito de indicar uma outra pessoa, pois temos medo de não cumprir bem a tarefa. Por medo, deixamos de vislumbrar as riquezas que o chamado nos proporcionará.
Quando passamos para o outro aquilo que era pra nós, nos sentimos tristes, fracassados e às vezes até com um pontinho de inveja em ver que o outro cumpriu bem uma tarefa que era nossa.
Para os catequizandos adaptei, usei o convívio escolar, e também despertei neles a atenção para os possíveis futuros chamados em suas vidas.
Foi assim nosso encontro...



«debrucem-se, pois, gostosamente sobre o texto sagrado, quer através da sagrada Liturgia, rica de palavras divinas, quer pela leitura espiritual, quer por outros meios que se vão espalhando tão louvavelmente por toda a parte, com a aprovação e estímulo dos pastores da Igreja. Lembrem-se, porém, que a leitura da Sagrada Escritura deve ser acompanhada de oração»

Como diz Santo Agostinho:
«A tua oração é a tua palavra dirigida a Deus.
Quando lês, é Deus que te fala;
quando rezas, és tu que falas a Deus»


5 comentários:

  1. Querida amiga, Paz e Bem...
    Eu fiquei extremamente feliz com o e-mail que vc me mandou... Vc me ajudou a colocar a cabeça em ordem e ver que os obstáculos fazem parte da caminhada... Me tornei seu seguidor e serei um visitante assiduo de seu blog, pois gostei muito dele... Eu conheci seu blog através de uma pessoa, chamada Cátia, que deixou um comentário na meu Post e me recomendou seu blog, dizendo ser sua amiga... Agradeço muito a ela por esta maravilhosa indicação... Conte sempre comigo para o que precisar... Um forte abraço e fique na Paz de Deus e no Amor de Maria....

    ResponderExcluir
  2. Fiquei muito feliz ao visitar seu blog,é muito bom saber que existem pessoas comprometidas na evangelização por meio da internet.Apartir de hoje me tornei um seguidor seu assíduo,ficarei muito honrado em ter a sua visita em meu blog,que está apenas começando...(me ajude a divulgálo:http://catequeseinfantojuvenil.blogspot.com/
    Abraços Rafael.

    ResponderExcluir
  3. Oi querida,saudades.
    Ano passado conheci a leitura orante, estavamos trabalhando com os catequistas, mas pena que quase ninguém ia.
    Que este ano seja de mt paz e bêncão no nosso evangelizar.
    Bjss

    ResponderExcluir
  4. APENAS UM TESTEMUNHO RAPIDO DE COMO A PRESENÇA DE DEUS EM NOSSAS VIDAS E MUITO FORTE.
    FIZ A DINAMICA NA 1ª REUNIÃO DE CATEQUISTAS DA PAROQUIA SANTOS ANJOS DA GUARDA BH MG E O PRESENTE FICOU NA MÃO DE UMA CATEQUISTA QUE NO ANO PASSADO SAIU NO MEIO DO ANO, MAS VOLTOU COM A PROMESSA DE 2.011 SER DIFERENTE E SER COMPROMISSADA COM A CATEQUESE.
    COMO AS GRAÇAS DE DEUS EM NOSSAS VIDAS SÃO MARAVILHOSAS. BJIM

    ResponderExcluir
  5. Bom Dia, minha irma em CRISTO!!!

    Que maravilha saber que existe pessoas como voce.
    Hoje estou iniciando uma nova etapa em minha vida (estou com 51 anos). Estava afastada, mas uma amiga me fez o convite aqui na terra, pois o PAI DO CEU, sei que estava muito triste com minha ausencia e omissao. Bem, enfim, estava navegando e encontrei seu blog, com sua experiencia e vivencia de primeiro encontro. Fiquei surpresa e pensei, como e simples agradar, trabalhar, amar...
    Acho, que talvez copiarei ou adaptarei sua dinamica...
    Que DEUS continue a iluminando!

    PAZ E BEM!!!
    CIDA

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre muito importante!
Não conseguiu comentar?? Calma, não saia ainda, escolha e opção ANÔNIMO e não esqueça de se identificar no final de sua mensagem!
Viu só, que fácil! Volte sempre!